Porque dela depende todo um longo ano de trabalhos e canseiras, é um dos momentos mais ansiados por todos. Há que procurar que ela seja feita com toda a oportunidade, com as uvas no seu óptimo de maturação e evitando as chuvas precoces que habitualmente visitam a região.

 

Neste ponto, a Quinta da Penseira tem uma situação privilegiada, dado que a maturação é atingida

normalmente mais cedo do que a maioria da Região. Para isso, também contribui o cuidadoso controlo da maturação das variadas castas existentes, através de amostragem por bagos e de um laboratório convenientemente preparado para o efeito.

 

Na vindima, as uvas chegam à adega em caixas de plástico com 25 Kg de peso, inteiras e, antes do esmagamento, passam por um tapete de triagem, onde várias pessoas as separam de objectos estranhos ao processo (terra, detritos, etc.) e, eventualmente, de algum efeito nefasto de alguma doença da vinha.

Quinta da Penseira